Temer cria a Autoridade Nacional de Proteção de Dados

Inventário extrajudicial
7 de janeiro de 2019
Empresas Digitais da Inovação e o Direito do Trabalho
9 de janeiro de 2019
Exibir tudo
Ao sancionar a Lei Geral de Proteção de Dados, o presidente Michel Temer havia vetado o dispositivo que previa a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados, deixando uma lacuna na Lei tendo em vista que tal entidade possui várias atribuições importantes, principalmente fiscalizatória, mencionadas pela legislação.
 
Em razão da necessidade de aperfeiçoar a proteção de dados, como também implementar e tornar efetiva as sanções e fiscalização previstas na legislação, o ex presidente, nos últimos dias de 2018, através da Medida Provisória nº 869/2018, criou a Autoridade Nacional de Proteção de Dados.
 
Quer saber mais? Assista o vídeo e fique por dentro do assunto.
 
Se ficar alguma dúvida entre em contato comigo através do e-mail: marina@gdr.adv.br
 
Nos acompanhe nas nossas outras redes sociais:
Marina Andrade
Marina Andrade
Graduada em Direito pelo Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina (CESUSC). Cursando Pós-Graduação em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Direito Tributário (IBET).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contato