Sofri um acidente dentro de um transporte público, o que devo fazer?
25 de julho de 2018
MEI e Aposentadorias do INSS.
26 de julho de 2018
Exibir tudo

Com a chegada da Indústria 4.0, o conhecimento, a tecnologia e a inteligência artificial passaram a ser a verdadeira força motriz da economia e as Startups possuem grande parcela nessa mudança.

Por conta disso, uma marca ou um software passaram a ter o potencial de ser muito mais rentável que um produto físico e a proteção dos ativos intangíveis passou a ser uma das maiores preocupações daqueles que empreendem no ramo da tecnologia.

Quando falamos em startups, logo pensando em inovação, serviços e produtos novos e diferenciados e o mecanismo para proteger essas criações, é chamado de Propriedade Intelectual.

A Propriedade Intelectual é o meio de garantir aos inventores e aos responsáveis por qualquer produção do intelecto o direito de adquirir, por um determinado período de tempo, a recompensa pela sua própria criação, gerando a exclusividade no uso daquela criação.

A proteção da propriedade intelectual além de ser uma forma de preservar a marca e as criações da sua startup, também é uma forma de agregar valor, pois são parte integral do valuation da empresa e um diferencial aos olhos dos investidores.

As modalidades mais comuns de Propriedade Intelectual aplicadas às Startups são: Registro de Patente, Marca, Desenho Industrial e Software.

Quer saber mais?

Clique aqui e baixe o nosso material com mais informações sobre as modalidades de Propriedade Intelectual. Ou acesse o nosso canal no youtube.

Gouvêa dos Reis - Advogados
Gouvêa dos Reis - Advogados
A Rede Gouvêa dos Reis Advogados objetiva proporcionar segurança e soluções a seus clientes, desde 1967.

Deixe um comentário

Contato