Você sabe qual é a diferença entre suspensão e interrupção do contrato de trabalho?

Comissão por cumprimento de meta não tem natureza salarial
12 de agosto de 2020
Quando o Poder Judiciário pode interferir na promoção por Ato de Bravura?
14 de agosto de 2020
Exibir tudo

A interrupção do contrato de trabalho ocorre quando o empregado não é obrigado a prestar serviços ao empregador por determinado período de tempo. Porém, este período é contado como tempo de serviço, e o empregado continua a receber seu salário normalmente.

 
Trata-se, portanto, de uma “suspensão parcial”, como paralisação temporária da prestação de serviços, com a manutenção do pagamento de salários. Exemplos: férias; afastamento do empregado por doença até o 15º dia.

 
Já a suspensão do contrato de trabalho ocorre quando o empregado não recebe salários e o período não é computado como tempo de serviço. Entende-se como suspensão total, pois paralisa temporariamente a prestação de serviços, com a cessação das obrigações patronais e de qualquer efeito do contrato enquanto perdurar a paralisação dos serviços.

 
São exemplos da suspensão do contrato de trabalho a falta injustificada, o tempo em que o empregado se ausentar para o exercício de encargo público, dentre outros.

 

#suspensao #trabalho #trabalhista #contrato #demissao #serviços #prestaçao #empregado #advogado #gdr #floripa #florianopolis

Gouvêa dos Reis - Advogados
Gouvêa dos Reis - Advogados
A Rede Gouvêa dos Reis Advogados objetiva proporcionar segurança e soluções a seus clientes, desde 1967.

Deixe uma resposta

Contato