Redução de custos com a Reforma Trabalhista – o que você deve saber e quanto afeta o seu negócio.

Revisão tributária – recuperação de créditos administrativos tributários
19 de outubro de 2017
Uso exclusivo do imóvel deve ser provado para partilha de aluguel, diz STJ
20 de outubro de 2017
Exibir tudo

Como reduzir custos? Essa é uma pergunta frequente em muitas empresas, especialmente com o cenário econômico desfavorável. Existem diversas formas para reduzi-los, uma delas é com a reforma trabalhista.

Aprenda a como reduzir seus custos com a reforma trabalhista.

QUANDO ENTRARÁ EM VIGOR E O QUE É A REFORMA TRABALHISTA?

Após calorosos debates, a Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467, de 13 de julho de 2017) foi aprovada e entrará em vigor em novembro de 2017. Ela é baseada em três principais pilares:

  1. Necessidade de modernização da lei trabalhista

A necessidade de modernização surge em virtude da “idade” da Consolidação das Leis do Trabalho, mais conhecida como CLT, a mesma é do ano 1943 e seu texto não acompanhou a evolução, surgindo a necessidade de modernizar a lei. Umas de suas benesses são as novas formas de contratação e a regularização de funções que antes não eram reguladas, garantindo redução de custos e maior segurança jurídica ao empresário.

  1. Valoração da negociação

Por se tratar de uma legislação muito rigorosa, criando diversos ônus ao empregador, a Reforma Trabalhista tenta equilibrar a relação empregador – empregado.

Isto não quer dizer que os direitos dos trabalhadores foram suprimidos, é nesse ponto que entra o segundo pilar – a valoração da negociação – com o advento da nova lei os acordos e convenções coletivas entre empregado, empregador e sindicatos terá força de lei, ou seja, a Reforma Trabalhista além de modernizar a legislação irá fazer com que haja mais negociação quando se trata de uma relação de trabalho.

Em outras palavras, tanto o empregado como o empregador poderão adaptar o contrato de trabalho para seus benefícios mediante negociações, contudo, as negociações devem respeitar os princípios da Constituição Federal e da CLT.

Aprenda como a reforma trabalhista poderá beneficiar seus negócios.

  1. Tentativa de diminuir o trabalho informal

Como já visto a antiga legislação era muito rígida fazendo com que muitos empregados e empregadores optassem que suas relações fossem informais, assim, a nova lei tenta trazer os empregados informais para a formalidade.

 Após uma breve explanação sobre os principais pilares da Reforma Trabalhista selecionamentos alguns pontos que podem ajudar você empregador a diminuir seus gastos trabalhista.

Confira em nosso check list.

Gouvêa dos Reis - Advogados
Gouvêa dos Reis - Advogados
A Rede Gouvêa dos Reis Advogados objetiva proporcionar segurança e soluções a seus clientes, desde 1967.

Os comentários estão encerrados.

Contato